Loja 1 -  Lindóia Shopping loja 111

              (51) 3012-7206        991-716-694

whats.png
whats.png

Loja 2 - Bourbon Shopping Assis Brasil loja 10A

              (51) 3516-1461        991-727-463

whats.png

Loja 3 - Boulevard Assis Brasil loja 57

              (51) 3372-2270        999-268-802

Please reload

Posts Recentes

Meu filho não come frutas, verduras nem legumes

July 4, 2018

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Excesso de peso e obesidade na infância

 

O excesso de peso na infância é um fator preocupante, pois pode causar elevação dos triglicerídeos e do colesterol, alterações ortopédicas, dermatológicas e respiratórias, diabetes, problemas cardiológicos e outros problemas. Hoje em dia, sabe-se que crianças acima do peso aos 5 anos, têm quatro vezes mais chances de se tornarem adolescentes obesos e adultos com problemas sérios de saúde.

Para evitar e reverter o quadro de excesso de peso e obesidade nesta fase da vida, é necessário que os pais e responsáveis adquiram conhecimento sobre as causas deste problema e como podem melhorar a qualidade de vida dos pequenos através da alimentação saudável. Por isso, elaboramos alguns tópicos sobre o assunto, para você ficar por dentro! Confira abaixo:


- Elaborar uma dieta de emagrecimento para crianças não é recomendando, pois pode acarretar prejuízo ao crescimento corporal e ao equilíbrio emocional da criança. Além disso, a restrição calórica pode acionar mecanismos compensatórios que levam ao rápido ganho de peso após o término do tratamento. O ideal é que a criança aprenda a escolher alimentos saudáveis e ingerir quantidades adequadas ao seu corpo. Além disso, preconiza-se que a criança mantenha o seu peso constante, pois à medida que crescer, o seu peso será redistribuído e a relação peso/altura irá se normalizar;

- Geralmente, até os 5 ou 6 anos de idade, acontece a repleção energética – as crianças apresentam certo ganho de peso, como uma forma de guardar energia para ser usada na fase de crescimento pubertário (estirão de crescimento). No entanto, quando há um excesso desse peso, são necessários ajustes na alimentação, para evitar o aparecimento de problemas de saúde diversos, além do risco de alteração da auto-estima da criança;

- Crianças com excesso de peso, nem sempre consomem grandes quantidades de comida. O que acontece, é que há uma ingestão de alimentos com muitas calorias (alimentos processados);

- Atualmente, há uma grande variedade de alimentos para consumo imediato, que podem ser mais práticos com a correria do dia a dia. No entanto, estes alimentos, chamados “alimentos processados”, sempre contêm níveis muito altos de gorduras, açúcar, sal, condimentos químicos e conservantes. Dentre esses alimentos, encontram-se: os refrigerantes, salgadinhos de pacote, biscoitos doces, sucos de caixinha, macarrão instantâneo e outras guloseimas. São alimentos que ativam zonas de prazer no cérebro, e acabam se tornando mais atrativos e desejados. Porém, são os principais causadores do excesso de peso na infância, prejudicando o desenvolvimento saudável da criança.

 

Mas o que fazer para a criança se alimentar melhor e evitar ou reverter o quadro de sobrepeso?

Há duas coisas que os pais e responsáveis podem e devem fazer pela saúde nutricional das crianças:

 

1- Ajustar a rotina da alimentação:

Ajustar quantidades de refeições por dia e seus horários fixos.
2- Melhorar a qualidade dos alimentos:

Evitar alimentos industrializados, preferir alimentos mais saudáveis e distribuir esses alimentos saudáveis de forma correta ao longo do dia.

 

No próximo post, falaremos mais sobre como deve ser a alimentação saudável das crianças, com muitas dicas sobre o ajuste da rotina alimentar e a oferta de alimentos mais saudáveis! Fique ligado!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload